sexta-feira, 25 de julho de 2008

Time Out.


Às vezes é preciso parar e perguntar o que andamos a fazer da vida. Na maioria das vezes é alguém que gosta de nós mais do que pensávamos que nos obriga a parar, se põe no meio do caminho e berra conosco, por nós. Ralham, fazem-nos chorar muito no momento... e mais ainda nos seguintes. Mas acima de tudo fazem-nos pensar! Fazem-nos ver aquilo que durante muito tempo tentamos ignorar, porque é mais fácil não ver...

Preciso de um timeout, e por isso não tenho dado sinais de vida. Estou de férias.. quando estiver com as ideias mais arrumadinhas volto cá para escrever qualquer coisinha mais ou menos decente!

Boas férias*