sexta-feira, 1 de fevereiro de 2008

What if I could leave everything behind?

Assim não dá! Enquanto não arrumar o Passado no devido lugar, não vou conseguir andar para a frente. Enquanto estiver tudo espalhado pelo chão, e a enrolar-se à volta dos meus pés, sempre que tentar dar um passo em frente.. não vou conseguir. Porque quando tentamos andar com algo atado aos nossos pés, desequilibramo-nos, tropeçamos, e a meio da queda se se tentar agarrar algo para evitar o tombo, podemos atirá-lo também ao chão, juntamente conosco. E começa a juntar-se um amontoado demasiado grande para conseguirmos arrumar, e acabamos por ficar no mesmo sítio.
Apetecia-me fugir para bem longe, e deixar tudo para trás. Começar do zero, sem haver Passado espalhado pelo meu caminho. Já critiquei quem o fizesse. Como foste capaz de virar costas ao Passado, fugir dele como se não existisse, numa tentativa desesperada de andar para a frente? Para o Futuro, deixando para trás o Passado desarrumado.. Como?? E dou por mim agora, a desejar poder fazer o mesmo...
Mas fugir não é solução! Não quero construir o meu Futuro sobre um nada de Passados desarrumados, que ficaram para trás.. e fingir que eles não existem.
A solução?! Pegar em caixotes e arrumar tudo. Meter no seu devido lugar tudo, e mandar fora o que não presta. Encaixotar o lixo e mandar para bem longe... ou queimar...
Mas como toda a gente sabe, as feridas levam o seu tempo a sarar... e eu tenho a mania de arrancar as crostas.. e o que acontece quando arrancamos uma crosta antes do tempo?! Abrimos de novo a ferida... se a crosta ainda lá estava era por algum motivo, não é? E por vezes, depois disso as feridas ficam maiores e infectam...
É fodido... é bem fodido!

3 comentários:

igor marques disse...

fazer as coisas mal, é a única coisa que fazemos bem.

não sei porque escrevi isto agora, mas ando com esta ideia na cabeça desde a manhã

seja como for, resolver os problemas, compor e esclarecer as coisas é a melhor maneira de ficar em paz com o passado e seguir em frente.

também tenho de pôr isso em prática. como sabes...

***

MJ disse...

os caminhos para a simplificação são deveras complexos ;)

Art by Ruivo disse...

Exactamente, concordo plenamente!


Força nisso, ja sabs k tens o meu apoio nisso!


****