terça-feira, 5 de fevereiro de 2008

Hoje é o 1º dia do resto da minha vida

Decidi tirar uns dias para mim, para descansar, para ter daqueles diálogos interiores de mim para comigo, para rever a minha vida, a minha posição perante tudo o que me acontece e para reordenar as minhas prioridades. Hoje apercebi-me de algumas coisas essenciais. É incrível como a vida se encarrega, mais tarde ou mais cedo, de nos ensinar as coisas, de nos mostrar os caminhos... E sem as pessoas que nos rodeiam (amigos ou não) nada disto seria possível, porque é o que nós vivemos que nos abre os olhos.

Hoje tive umas quantas situações que me mostraram o quanto eu estou no caminho errado.
Começo por mencionar que a minha mãe faz anos hoje, e já lhe estive a secar as lágrimas.
Quando achamos que a vida está a ser injusta connosco, acabamos por ser também injustos para com os que estão ao nosso lado, sem nos apercebermos de como eles sofrem com o nosso sofrimento.
Queria tanto que o valor real de algumas amizades fosse igual ao valor previsto, que no meu desespero de tentar agarrar o que não estava lá, ceguei. Só tentava ver o que queria ver (e este assunto de cada um ver o que quer, dá pano para mangas, para outro post - que ja ando para escrever a algum tempo, mas ainda não calhou), acabava por não ver nada. Primeiro porque o que eu queria ver nao estava lá, e o que tem estado à frente dos meus olhos eu nao conseguia ver.

Por vezes depositamos demais em determinadas pessoas e amizades que achamos de valor, que nos esquecemos que não há uma obrigatoriedade de reciprocidade(nem sei se esta palavra existe), e acabamos por exigir demais de algo e que não temos o direito de exigir... Não podemos exigir das pessoas aquilo que elas não têm para nos dar. Temos de lidar com isso, e ver que secalhar não fazemos os tais "depositos" nas pessoas certas!
Ninguém é como gostaríamos que fosse, todas as pessoas são diferentes do que esperávamos, e nem sempre isso é mau... só que temos a mente tão fechada, que não vemos o que há de bom nelas.

Temos que valorizar mais quem aparece sem contarmos, mesmo que sejam as últimas pessoas que pensaríamos que se lembrassem de nós, em vez de valorizar tanto quem nem pusemos em dúvida e depois falta. É quem está que realmente importa, não quem gostávamos que estivesse!

Não costumo especificar pessoas, mas hoje vou fazê-lo! E pelo dia de hoje (só para depois não andarem a dizer "então e eu?" :P ), quero agradecer:
- ao Black por ter sido a primeira pessoa a mandar uma mensagem de parabéns à minha mae, à Sara pelo five no Hi5 da minha mãe.. não imaginam o que significou para ela!Obrigada pelo sorriso que eu vi na cara dela, no meio de todas as lágrimas;

- e aos meus amores, Ana e Polido pela surpresa de hoje... vocês não sabem como aquilo me acordou.. eu de facto tenho os melhores amigos do mundo!! Só não estava a olhar na direcção correcta..

Queria escrever muito, muito mais... mas como tenho dito já há algum tempo, as acções valem mais que as palavras, e não há palavras que descrevam o que sinto pelas vossas acções.. Já há muito tempo que alguém não me mostrava o quanto gosta e se preocupa comigo, em vez de o dizer vezes sem conta... já há muito que ninguém AGIA...

E hoje é o primeiro dia do resto da minha vida!

4 comentários:

01 disse...

é mesmo assim a vida prega ns algumas surpresas, e é preciso abrir os olhos para pder ver quem realmente importa. assim a desorganizção do passado organiza-se podems olhar em frente e começar de novo. estar la para os amigos que smpre estiveram cnnsco e para aquelas caras anonimas que la no fundo sabems que so querem o nosso bem . assim depois de acordar podemos perceber que ha problemas superiores a nos, nesse dia kd acordamos sabemos que é o primeiro dia das nossas vidas. bjs continua a escrever :P

01 disse...

é mesmo assim a vida prega ns algumas surpresas, e é preciso abrir os olhos para pder ver quem realmente importa. assim a desorganizção do passado organiza-se podems olhar em frente e começar de novo. estar la para os amigos que smpre estiveram cnnsco e para aquelas caras anonimas que la no fundo sabems que so querem o nosso bem . assim depois de acordar podemos perceber que ha problemas superiores a nos, nesse dia kd acordamos sabemos que é o primeiro dia das nossas vidas. bjs continua a escrever :P

Utopic disse...

Isto transpira-se alegria por este post hein ;) óptimo óptimo :) quanto ao teu comentario, ainda me ri aqui um bocado lool, vou trabalhar entao pra chegar a perfeito :D ah, e ja andas a fazer publicidade? muuuuito bem eheh, obg obg :P *

igor marques disse...

eu, a chegar tarde (2 meses) e dar o meu contributo:
só faz falta quem cá está!

foi assim que me ensinaram, e creio que raramente falha! ;)