terça-feira, 4 de dezembro de 2007

Untitled1

"Porque não funciona o nosso coração como o Outono? Bem podia fazer com que as folhas de paixões antigas e secas e que apenas causam dor desaparecessem como uma leve brisa em forma de lágrima... Que se enterra bem longe essa dor antiga e se deixa florescer nos terrenos sempre férteis do coração! Porque ocupam essas folhas secas o lugar de folhas novas prontas a brotar a qualquer altura? Porque não deixam as velhas paixões que novas Primaveras surjam na vida de cada um? Será demais pedir que se enterre o que está morto para que possa viver o que quer nascer? Será correcto negar-lhe esse direito? (...) Nunca se esquecem as folhas que nos deram oxigénio, mas essas precisam de ser rendida quando apenas dão dióxido de carbono e intoxicam a nossa felicidade... Só assim a vida pode ser encarada de forma saudável!!!Tenho dito.."

texto adaptado de Hugo Polido, 1º ano, in dizCurso (boletim informativo do NEDEQ/AAC)

1 comentário:

igor marques disse...

a grande justificação para a razão do outono ser tão triste, e para que pareça durar tanto tempo o inverno, até que surja novamente um raio de sol...

hi there sunshine! ;)